alimentação natural para cães

Suzana Machado

Alimentação Natural para Cães: Cuidados e Restrições Alimentares

É bastante comum nos dias atuais nos preocuparmos com a alimentação natural para cães, especialmente quando observamos que nossos queridos pets estão sempre prontos para compartilhar nossas refeições. A alimentação natural para cães é uma tendência que vem ganhando cada vez mais adeptos entre os tutores que buscam oferecer uma dieta mais saudável e equilibrada para seus pets.

Anúncios

Embora muitos alimentos possam parecer inofensivos, é crucial entender quais são seguros e benéficos para os cães, e quais devem ser evitados a todo custo.

O que é a alimentação natural para cães?

alimentação natural para cães

A alimentação natural para cães consiste em oferecer aos animais alimentos frescos, cozidos ou crus, que sejam adequados às suas necessidades nutricionais e que não contenham conservantes, corantes, aromatizantes ou outros aditivos químicos. Essa dieta visa aproximar os cães da sua alimentação original na natureza, antes da domesticação.

Frutas como Petiscos: Moderação é a Chave

Enquanto algumas frutas podem ser oferecidas como petiscos saudáveis para os cães, é importante lembrar que elas não devem ser a base da alimentação canina. A manga, por exemplo, é uma opção rica em vitaminas A, B6, C e E, mas seu alto teor de açúcar exige moderação. Assim, as frutas devem ser vistas como um agrado ocasional, complementando uma dieta balanceada.

Anúncios

Alguns dos benefícios da alimentação natural para cães são:

  • Melhora da digestão e do trânsito intestinal;
  • Fortalecimento do sistema imunológico;
  • Prevenção de doenças como obesidade, diabetes, alergias e câncer;
  • Aumento da qualidade de vida e da longevidade;
  • Maior satisfação e palatabilidade dos alimentos.
alimentação natural para cães

Quais são os riscos da alimentação natural para cães?

Apesar dos benefícios, a alimentação natural para cães também pode apresentar alguns riscos, como:

  • Deficiência ou excesso de nutrientes, que podem causar problemas de saúde como anemia, hipervitaminose, descalcificação, entre outros;
  • Contaminação por bactérias, parasitas ou toxinas presentes em alimentos crus ou mal higienizados;
  • Intoxicação por alimentos tóxicos ou inadequados para os cães, como chocolate, uva, cebola, alho, abacate, entre outros;
  • Dificuldade de adaptação ou rejeição à nova dieta.
alimentação natural para cães

Como preparar as refeições caseiras para os cães?

Para preparar as refeições caseiras para os cães, é preciso seguir algumas recomendações básicas, como:

  • Consultar um médico veterinário ou um nutricionista animal para elaborar um cardápio balanceado e personalizado para o seu pet, levando em conta fatores como idade, peso, raça, nível de atividade física e condições de saúde;
  • Utilizar ingredientes de boa qualidade, frescos e higienizados;
  • Cozinhar bem os alimentos de origem animal, como carnes, ovos e laticínios, para eliminar possíveis agentes patogênicos;
  • Variar os tipos de proteínas, carboidratos, gorduras, fibras, vitaminas e minerais oferecidos ao seu pet;
  • Respeitar as quantidades e as proporções adequadas de cada alimento na refeição;
  • Armazenar as porções em recipientes limpos e bem fechados na geladeira ou no freezer;
  • Aquecer levemente as refeições antes de servir ao seu pet;
  • Oferecer água fresca e limpa à vontade ao seu pet.
Anúncios

Frutas a Evitar: Conhecendo os Perigos

Embora muitas frutas possam ser seguras e nutritivas, algumas representam riscos significativos para os cães:

  1. Abacate: Esta fruta é particularmente perigosa para os cães devido à presença de persina e certos tipos de gordura vegetal, que podem causar desde vômitos até problemas cardíacos graves.
  2. Frutas Cítricas: Apesar de serem benéficas para os humanos, frutas cítricas como abacaxi, laranja e limão podem causar desconforto gastrointestinal nos cães, incluindo vômitos e diarreia.
  3. Uvas: Embora seja uma fruta adorada por muitos cães, a uva é extremamente tóxica e pode levar a danos hepáticos e renais graves, embora a substância exata responsável ainda não seja totalmente compreendida.
  4. Macadâmia: pode causar fraqueza, tremores, vômitos, febre e depressão nos cães;
alimentação natural para cães

Outros Alimentos Perigosos para Cães

Além das frutas, existem outros alimentos que devem ser evitados na dieta canina:

  1. Batata Crua: Apesar de parecer inofensiva, a batata crua contém solanina, uma substância tóxica para cães e humanos, podendo causar desconforto gastrointestinal e outros problemas de saúde.
  2. Chocolate: Embora seja um prazer para muitos humanos, o chocolate contém teobromina, uma substância extremamente tóxica para os cães, podendo causar desde distúrbios gastrointestinais até problemas cardíacos graves se ingerido em grandes quantidades.
  3. Ossos: podem causar perfurações ou obstruções no trato digestivo dos cães, além de danificar os dentes e as gengivas.
  4. Leite e derivados: podem causar intolerância à lactose nos cães, provocando diarreia, gases e cólicas;
alimentação natural para cães

Embora seja tentador compartilhar nossos alimentos favoritos com nossos cães, é essencial lembrar que nem todos os alimentos são seguros para eles. Optar por uma alimentação natural e balanceada, com foco em alimentos específicos para cães, é a melhor maneira de garantir a saúde e o bem-estar de nossos amigos de quatro patas. Ao conhecer os perigos e restrições alimentares, podemos garantir uma vida longa e saudável para nossos companheiros caninos.